Novidades do programa Bolsa Família

Novidades e valor do Bolsa Família 2018. Ao longo dos anos foram criados diversos programas sociais no Brasil, com o intuito de beneficiar famílias que vivem em condições precárias e que não dispõem de recursos para suas necessidades básicas, como alimentação, moradia e acesso aos estudos.

E um destes programas é o Bolsa Família, que vem ajudando famílias desde 2003 a saírem do quadro de extrema pobreza em que vivem. Este programa social foi criado no ano de 2003, e faz parte do programa Brasil Sem Miséria, que visa erradicar a fome, a pobreza e o analfabetismo do país.

Novas regras do Bolsa Família 2018
Novas regras do Bolsa Família 2018

O programa social Bolsa Família

O calendário Bolsa Família tem o intuito de conceder um auxílio mensal para famílias de baixa renda, que se enquadram no quadro de extrema pobreza (com renda mensal de até 70 reais por pessoa), e de pobreza (com renda mensal entre 70,01 até 140 reais por pessoa); e que possuem gestantes, nutrizes, crianças, e adolescentes até seus 17 anos.

Este benefício é pago conforme as condições de cada família, que se enquadram nestas seis categorias:

  • Básico;
  • Variável;
  • Variável vinculado ao adolescente (BVJ);
  • Variável gestante (BVG);
  • Variável nutriz (BVN);
  • Benefício para superação da extrema pobreza (BSP).

Cadastro no Bolsa Família 2018

Este auxílio é concedido após a família realizar um cadastro junto à prefeitura de sua cidade, ou em um dos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS de seu município. Para receber do calendário do bolsa família 2018, seu grupo familiar precisa ter renda familiar de até R$170,

Nos postos de cadastramento a família irá realizar seu Cadastro Único, que concede direitos para todos os programas sociais que o Governo Federal tem para oferecer.

Para isso é necessário que o responsável pela família compareça ao local com estes documentos:

  • Documento de identificação civil para cada membro da família (RG, certidão de nascimento, CPF, dentre outros);
  • Documento de identificação civil do responsável pela família;
  • CPF ou Título de eleitor do responsável pela família.

Limites de saque do Bolsa Família

beneficiários do Bolsa Família
beneficiários do Bolsa Família

É importe definir que o beneficiário precisa fazer o saque de seu benefício até 90 dias após a liberação do pagamento pela Caixa Econômica Federal, caso contrário a parcela será perdida. Se o beneficiário ficar com até 6 parcelas do bolsa família 2018 em atraso para sacar, seu benefício poderá ser bloqueado automaticamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *